otimizacao_custos_investimentos_crescimento_estabelecimento_como_investir_aumento_faturamento

5 Passos para Cortar Custos, Acertar Investimentos e Crescer o Seu Negócio

Cansado de fechar no vermelho, ou apenas chegar no verde, quase sem lucro? Então que tal fazer uma pequena análise financeira? Assim, você consegue otimizar as despesas e aumentar a sua margem de lucro!

 

Mas como saber onde deve cortar custos, e aonde aumentar seu investimento? A metodologia a seguir é utilizada por grandes consultorias. Conhecida como “Em forma para o crescimento”, essa metodologia ajuda empresas a reduzir suas despesas cortando custos desnecessários, otimizando os custos necessários e investindo nas áreas que irão alavancar o seu negócio. Tudo se resume em saber o quê, como e porque precisa cortar aquele custo, sem sair demitindo todo mundo e perdendo a qualidade ou diferencial que seu estabelecimento possui.

 

Para começar, tenha seu DRE (Demonstração do Resultado do Exercício) em mãos – de preferência anual, pois assim você terá uma média de todas suas despesas – e estar ciente do posicionamento e estratégia do seu negócio. Assim você poderá focar nos diferenciais da sua marca, estrutura das despesas e a reorganização financeira para um crescimento saudável. Pode parecer pouco, mas isso vai resultar em uma mudança cultural na sua empresa, e maior competitividade no seu mercado! Empresas que se empenham em adotar essa metodologia como cultura de negócios tem visto um aumento de até 30% na lucratividade a médio prazo!

 

Pronto para otimizar seu negócio? Então vamos lá!

 

Decisão estratégica: quero otimizar meu negócio!

 

Primeiro passo é saber qual é o seu objetivo. Por exemplo, “quero maximizar a margem de lucro do meu restaurante com mais vendas”.

 

Segundo passo é identificar os diferenciais do seu negócio que você quer otimizar ou criar. Digamos que você quer ter um atendimento mais rápido para aumentar a rotatividade dos clientes sentados nas mesas do meu restaurante durante o almoço.

 

Terceiro passo é criar uma agenda clara de investimentos que afetam diretamente o seu objetivo, focando no resultado de otimização dos processos. Ou seja, pesquisou e decidiu investir em um sistema de automação no qual os garçons andam com mobile na mão e o pedido vai direto para a cozinha na hora que o cliente pede. Desta maneira, a agilidade entre a iteração dos garçons com a cozinha aumenta exponencialmente.

calendario-eleitoral-2016

Quarto passo é reorganizar a estrutura do seu negócio para prepará-la para crescimento e aumento de demanda. Neste ponto é muito importante implementar um modelo organizacional sólido. Assim, os processos e sistemas utilizados vão ser usados ao seu potencial pleno, fazendo com que o crescimento ocorra sem interrupções. Pode começar fazendo reciclagem de treinamentos com os garçons e pessoal dos caixas; rever todos os processos e tarefas dos cozinheiros nas horas de pico; e analisar o histórico de vendas, priorizando o que é necessário.

 

O quinto e último passo (calma que falta pouco!) é criar uma cultura de recursos humanos e marketing para que estes novos processos e mentalidade sejam absorvidos pela sua equipe e marca. Dessa maneira, o seu negócio evolui enquanto cria o diferencial do seu objetivo. Neste caso, ter time e estoque suficientes para poder atender os clientes, cuidando dos equipamentos utilizados pelo sistema para evitar lentidão, ou problemas na operação do seu restaurante.

 

Tudo bem! Até agora muita teoria e exemplos. Mas agora é hora de colocar as mãos na massa, e começar pelo mais básico: as despesas do seu negócio.

 

A análise para otimizar as finanças do seu negócio

 

Com o seu DRE em mãos, você precisará dividir todos os seus custos em 4 categorias:

 

  • Luzes acesas: nesta categoria são colocadas as despesas e custos básicos para a empresa poder operar legalmente no país, por exemplo, no Brasil seria seu contador, água, luz, telefone, etc.

 

  • Custos específicos: nesta categoria vem aquilo que você precisa para atuar no mercado específico do seu negócio, no caso de um restaurante teria um custo como gás, enquanto uma empresa de tecnologia teria o custo do servidor.

 

Nestas primeiras 2 categorias, a idéia é reduzir e otimizar o máximo possível todos os custos e despesas, pois é o essencial e básico para poder ter a empresa operando no mercado que atua. Tente economizar energia e água com campanhas de conscientização dos seus funcionários e clientes, assim como tentar pegar fornecedores que irão te entregar um bom serviço por um valor menor, sem perder qualidade.

 

  • Capacidades Diferenciadoras: nesta categoria você coloca os custos e investimentos que criam um diferencial competitivo em relação à concorrência e o mercado no qual seu negócio atua. Para um restaurante pode ser desde um forno ou chapa mais potente ou com maior capacidade, um sistema de automação que irá agilizar o atendimento, até uma decoração inusitada.

 

O objetivo nesta categoria não é reduzir, mas sim otimizar com reinvestimentos, incentivos, bônus e estrutura com o dinheiro que foi economizado nas outras 3 categorias.

coins-growing-in-soil-economic-growth (1)
  • Gorduras extras: aqui é colocado tudo a mais que o negócio não precisa para exercer e funcionar no mercado que atua, como por exemplo tv a cabo no escritório, estoque a mais ou produtos que não tem nada a ver com seu cardápio, benefícios desnecessários para funcionários como happy hours excessivos, etc.

 

O intuito desta categoria é colocar tudo o que está a mais nas despesas e custos, que não tem nada a ver com a atuação do negócio. Simplesmente cortar 100% de tudo, para poder reinvestir na categoria 3!

 

Uma vez que as despesas foram divididas nas categorias acima, você já deve começar a ver uma economia e aumento na sua margem de lucro (ufa, finalmente notícias boas!). Aplicando a metodologia holística como um todo, investindo nos lugares certos, otimizando nos adequados e cortando os desnecessários, no médio prazo você sem dúvida irá conseguir alcançar seu objetivo. Com essa diferenciação em relação a concorrência, você vai precisar se preparar para um crescimento saudável!

 

Vá com cuidado para não cortar onde não precisa. Comece colocando metas simples, como:

 

Reduzir custos das categorias 1 e 2 em 15%;

 

Negociar descontos de 5% nas despesas;

 

Cortar 75% dos custos desnecessários da categoria 4; e

 

Investir nos diferenciais da categoria 3, para alcançar seu objetivo.

 

Fale pra gente quais objetivos você definiu para esse semestre, e quais partes foram mais difíceis. Eu mesmo vou te responder com dicas e sugestões do que fazer, ou no que você vai precisar ficar atento. Vamos crescer juntos!

Daniel Silva
Daniel Silva

CMO da OZ Technology, fundador do aplicativo VIAPP, formado em Marketing e Publicidade pela ESPM e especialista em Comunicação pela Stanford. Nativo do México e empreendedor nato, gosta de viajar e estar sempre antenado nas últimas tecnologias e tendências empresariais.